24 de abril de 2011

Eu sei que a vida devia ser bem melhor...

...e será que será? Gonzaguinha que me perdoe. Até condordo que a vida é bonita, mas que ela é cheia de pessoas feias, ah, isso é.

Pessoas feias, segundo dicionário Betty: adj. de caráter humano

1. De atitudes desagradáveis e/ou desonestas.
2. Fig. vergonhosas, torpes.
3. Que causam horror; que deixam o clima pesado.
4. Desonestas (olha o reforço).
5. Que usam de todos os artifícios (inclusive esmagar pessoas) para subir na vida ou alcançar um objetivo.

Parei pra pensar que, nesta vida, é inevitável que todo tipo de pessoa passe por nós. Tem aquelas que você convida, ama e tem consideração por, e tem aquelas que você não pode evitar então, aprende com elas exatamente o oposto do que você quer ser.

Li dia desses em um email spam que "a cada 60 segundos que vc passa aborrecido, estressado, mau-humorado, etc, é 1 minuto de alegria que não volta mais". E pensei comigo. Ok, vou parar de perder minutos da minha vida, me descabelando com o fato de algumas pessoas serem nojentamente desprovidas de caráter e também com o fato de algumas pessoas não tomarem as atitudes corretas.

Mas, essa decisão não durou nem 60s. Porque vou descrever como eu sou atualmente. Sou uma pessoa paranóica, que sabe o que deve ser feito e que espera que todas as outras pessoas ao seu redor, que também sabem o que deve ser feito, simplesmente o façam da maneira honesta. E como isso não acontece, isso me aborrece demais. Perco horas do meu dia, tentando entender, por que é tão difícil pras pessoas fazerem o que é certo. E não estou nem me referindo ao "certo ou errado estipulado pela sociedade". É o certo ou errado, da lei. Preto no branco, sem abertura para duplas interpretações.

Cheguei a lembrar de um senhor que se suicidou lá por janeiro pulando de um prédio comercial. Me disseram que ele era certo demais e não aguentou o mundo errado em que vivia. Não, não estou pensando em me "jogar da janela do quinto andar", mas o que na época me pareceu insano, hoje chego a compreender.

Beijos,
Betty.

3 comentários:

Cíntia L. Freitas disse...

É, ficar esperando QUALQUER tipo de atitude das outras pessoas é frustrante. Não tem jeito. Quando MUITO, somos surpreendidos positivamente pelo fato de alguém fazer o que achávamos que aquele alguém deveria fazer. Mas daí a realmente contar com isso, não dá. Ficou confuso ou deu pra entender o que eu quis dizer?!

Obs.: volta a postar mais!!

Kalu disse...

Eu acho impossível ser feliz 100% Eu nem acredito nesta felicdade. Mas acredito que possamos contornar certos fatos da vida que são de aprendizado mesmo que seja ruim de um modo geral, mas que serão um grande benefício para o nosso amadurecimento.

Eu também espero que você poste mais, rs

Rafa disse...

caramba, vim ler esse post tentando entender o outro, mas não consegui...Eu quero é a história, o fato! rsrsr
Zuando....calma!!
beijos