1 de setembro de 2008

Mark Darcy, cadê o meu?

Imagino que existam centenas de posts semelhantes com o meu e que outras dezenas se multipliquem a cada vez que o filme Bridget Jones é reprisado.rs

Sabe aqueles momentos em que você se pega suspirando com a felicidade alheia? Um casal no auge da felicidade, velhinhos andando de mãos dadas (esses são os campeões de "suspiros arrancados da Betty", pra mim), uma troca de olhares onde palavras são desnecessárias...

Fazia muito tempo que eu não tinha disso. Mas hoje, suspirei por todos os meses sem suspiro. E me perguntei sorrindo....cadê o MEU Mark Darcy? HEIN???

Acabei também de ler um email da Karen, com trechos de um livro do Shinyashiki que ela está lendo (adoro os textos que ela manda) e que me fez voltar para o chão.

Ninguém é perfeito, estamos sempre aprendendo. Houve um homem que passou a vida inteira procurando a mulher perfeita. Terminou solitário. Um amigo o consolou: “Que pena que você passou a vida procurando esta mulher e não encontrou”. O homem então respondeu: “Sim, eu a encontrei. Porém, ela não quis ficar comigo. Procurava o homem perfeito”.

Só um parênteses...isso é completamente a minha TEORIA DA ESCADA.rs

E QUEM DISSE QUE QUANDO EU ENCONTRAR UM MARK, ELE VAI QUERER ALGO COMIGO?

Xi, e agora? haha....infelizmente, por mais que eu concorde com o trecho do Shinyashiki, isso não me impedirá de imaginar o homem perfeito pra mim (aquele que, inclusive, tem um monte de defeitos).

E pior, com o passar dos anos, a gente vai ficando meio bestamente exigente e sonha meio alto e fica completamente sozinha e acredita que é feliz. Você ainda é jovem pra achar que essa frase é verdade? Tudo bem, eu também já fui um dia.

Beijos.

2 comentários:

Mr. D disse...

akele dia depois de assistirmos o um e o dois, de madrugada passou de novo..e eu assisti de novo. E essesdias passou de novo..e eu assisti de novo...

to deprimido..tbem quero o meu...

Cíntia Freitas disse...

Ai meu Deus. E agora?