14 de novembro de 2014

Um dia de cada vez...

Lema dos anônimos da vida, por que não, meu lema também? Afinal, vício pela "vida boa", sem esforço, com comida à rolê, também é um vício. E é um esforço, melhor dizendo, são escolhas diárias.

Há três meses, aproximadamente, resolvi que era hora de parar de me matar em doses homeopáticas de descuido consciente e voltei para os exercícios. Mas isso eu sempre fiz... me cuidava por um tempo e voltava pra "vida boa".

Justamente por conta disso, disse para mim mesma e para os outros que só me levaria a sério se, passado os 3 meses, eu continuasse me cuidando.

Hoje recebi o resultado de novos exames de sangue. Meu colesterol e triglicerídeos estão todos na casa do desejável ou ótimo. Por alguns anos vivi na casa do limítrofe e do alto. ANOS!

Minha glicemia que por uns 5 anos viveu no pré-diabetes e, há 3 meses, acusou diabetes, hoje deu normal. 95!! Esse é o exame que até me emociona pois, no meu caso, não era nada além de descaso e descuido. Mesmo sabendo por tudo que meu pai passou e de todas as suas privações.

E agora, vai comemorar comendo bolo? De jeito nenhum. Prometi que se saísse dessa, nunca mais essa doença passaria perto dos meus exames, por falta de cuidado meu.

Há dois meses, decidi me consultar com a Nutricionista Funcional Juliana Uyeno (Merchan? Quando a pessoa merece, não é propaganda, é elogio) e com ela estou aprendendo a consertar meus hábitos alimentares, o que é parte fundamental para a melhora na saúde.

Se você me perguntar se ela faz milagres, tirando por mim, eu diria que sim. hahahaha. Mas, falando sério, ela é, além de muito competente, uma simpatia de pessoa. Acessível e responde prontamente suas dúvidas.

Eu, particularmente, sempre torci o nariz pra nutricionista porque das vezes que eu fui, sempre saí de lá com um cardápio de sei lá quantas calorias, que eu posso muito bem pegar na internet. Até uma endócrino uma vez me deu um igual. Talvez os tempos sejam outros e não seja mais assim. Mas, uma coisa é certa, não tenho um pingo de arrependimento de ter confiado que com a Ju seria diferente. :)

Por mais dias felizes como hoje, com vitórias, muita saúde e vida boa de verdade!

Beijos,
Betty.

2 comentários:

Flávio disse...

Parabéns prima!!! Sabemos bem o que nossos queridos pais passaram durante suas vidas .... Me inspirou agora hehehe #VidaSaudavel

Virgínia Ochiai disse...

Chorei de emoção! Parabéns Betty e Ju!!