10 de janeiro de 2005

Enquanto o lobo não vem

to aqui fazendo hora enquanto o biel (que, vou ser justa, de lobo não tem nada) não chega.

Ontem eu tinha várias coisas pra falar, mas, mais uma vez seriam pensamentos soltos e, principalmente, desorganizados. Pra variar, não tava conectada e seria só mais um monte de pensamentos que não se tornariam um post...tenho vários deles.

"SERIA" porque eu resolvi escrever tudo da forma antiga...caneta e papel na mão, deitei no sofá e mandei ver...deixei que minhas mãos fossem tão rápidas quanto meus pensamentos e fui escrevendo tudo que deu vontade.

Com uma diferença. Não fiz posts...fiz cartas. Cartas que jamais enviarei....e vou criar um blog. Acho que é uma forma de dizer coisas que eu tenho vontade, mas que não seriam muito bem aceitas pelos alvos das minhas palavras....ou que não vale a pena voltar no assunto....coisas que preciso jogar em algum lugar, menos nas pessoas.

Beijos, Betty.

2 comentários:

Scissor_Hands disse...

Talvez não. Eu gosto de saber o que pensam sobre mim e o que gostariam de me falar. Talvez as outras pessoas também.
Pode doer um pouco, mas dar uma cutucada na ferida, dar uma limpada, ou seja, resolver o assunto é bem melhor do que deixar alguns sentimentos morrem...

Anônimo disse...

Betty querida!!
Lógico que eu lembro de vc!!!!!!!!

E aquela foto a la Beatles q a gente tirou depois da pizza.... como nao lembraria!!!
Eu, vc, a Ju Sereia e a Kalu!! Povo doido...

Beijoca!

Lu
(http://cookie.weblogger.com.br)